Doux

Recheios doces

06:17

Creme patissière ou creme de confeiteiro
É um dos mais simples, e é base para gerar outros tantos tipos de creme. Eu cresci vendo a minha avó fazendo para rechear bolos na minha família sempre chamávamos de recheio de bolo. Quando estudei confeitaria na faculdade não só descobri o nome real como também aprendi que ele é uma espécie de “massa mãe” a partir dele podemos fazer outras
bases. A receita original que eu aprendi na faculdade leva amido de milho e farinha de trigo, já a que eu aprendi com a minha avó usamos apenas o trigo, e essa a base adquirida na infância que eu vou ensinar, sempre deu certo e eu continuo achando que o amido dá gosto estranho.

700 ml leite

6 gemas de ovo peneiradas

1 colher (sopa) farinha de trigo (não é pra encher uma montanha mais nem muito rasa)

1 colher (sopa) de açúcar orgânico (mais saudável mas, pode ser do normal) ou adoçante para forno e fogão

½ fava de baunilha ou 1 colher (chá) de essência de baunilha (que o gosto não chega nem uma pontinha perto da fava, porém quebra um galho para macarar o gosto do ovo).

Numa vasilha coloque 1 copo de leite (200 ml +/-), coloque a farinha de trigo e mexa bem, reserve.
Coloque o restante do leite numa panela juntamente com o açúcar, a fava, e as gemas. Cozinhe em fogo médio sempre mexendo até observar que as gemas incorporou ao leite, abaixe o fogo e adicione a farinha no leite dissolvido a panela, não pare de mexer.
Agora é a hora de ter paciência, mexer sem parar em fogo baixo até a massa engrossar. Se aumentar o fogo corre o risco de queimar o creme e também de não dar tempo da farinha cozinhar por completo. Não use panela de inox, ela esquenta muito mais que as de alumínio.
Coloque em um recipiente e aguarde esfriar.

Agora que o nosso patissière está pronto, vamos fazer o Creme Diplomata:

Faça uma ganache de chocolate (chocolate derretido incorporado ao creme de leite de caixinha), pode ser ao leite, ½ amargo, amargo, e branco

Feito isso, misture a ganache ao patissière e leve para gelar.

para saber mais >> Em busca da garfada perfeita

You Might Also Like

0 comentários